URUAÇU: Servidor exonerado após cobrar salários atrasados

O atraso no pagamento de salários de alguns servidores da Prefeitura de Uruaçu gerou um protesto desesperado do motorista da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Clewton Barbosa de Castro Filho Leite. Em áudio que ganhou destaque em grupos de WhatsApp, Clewton Castro relata que acabou exonerado do cargo após ir à Prefeitura de Uruaçu reivindicar o pagamento dos seus salários atrasados. O relato ganhou repercussão e deixou muita gente indignada.

Em entrevista ao Correio Popular, o motorista, de família tradicional da cidade, relatou que ocupava cargo comissionado na Prefeitura de Uruaçu desde o início da administração do prefeito Valmir Pedro Tereza; primeiro como operador de máquinas e depois como motorista da UPA. Ainda de acordo com seus relatos, até ontem (8/01/019) não havia recebido os pagamentos referentes aos meses trabalhados de novembro e dezembro e nem o 13º salário.

DEMITIDO APÓS COBRANÇA

Clewton disse que decidiu reclamar os pagamentos após ver anunciada a liberação dos salários que não recebeu, mas acabou exonerado. “Vi o prefeito Valmir Pedro publicar nas redes sociais que havia efetuado o pagamento de todos os servidores públicos municipais, mas eu e outros servidores estávamos com dois salários e o 13º atrasados, então decidi ir até a Secretaria de Finanças apurar os fatos. Fui atendido pelo Jovino , que disse que ia ver o que estava acontecendo e depois me daria um retorno, mais tarde ele me ligou comunicando minha exoneração do cargo”, relatou. Ainda segundo Clewton Leite, os salários atrasados dele foram depositados depois da sua exoneração.

ALGUNS SERVIDORES RECEBEM EM DIA, OUTROS NÃO

Questionado sobre o atraso no pagamento de outros servidores, Clewton Leite afirmou ter conhecimento de que muitos dos ex-colegas de trabalho estão na mesma situação em que ele estava e que não denunciam por medo de exoneração.

Nossa reportagem entrou em contato com alguns servidores que confirmaram o atraso dos seus salários, mas pediram para não ser identificados. O atraso nos salários atinge tanto servidores comissionados, como alguns efetivos (concursados). Há casos de profissionais que desempenham a mesma função na prefeitura, no entanto, alguns estão com os pagamentos em dia e outros estão há dois meses sem receber os salários, mais o 13 º.

INADIMPLÊNCIA SE REPETE COM FORNECEDORES

A situação de alguns fornecedores e prestadores de serviços da Prefeitura de Uruaçu é semelhante, enquanto alguns recebem em dia, outros estão há meses sem “ver a cor do dinheiro”.

A equipe de Finanças da Prefeitura de Uruaçu não explica os critérios utilizados no pagamento das despesas do município.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s