Novas regras da CNH entram em vigor na próxima segunda; Veja novo preço da primeira habilitação

Simulador opcional, aulas noturnas e para cinquentinha com carga horária reduzida e preço menor. Confira regras como tirar sua nova CNH.

Por Amanda França

A partir da próxima segunda-feira, dia 16 de setembro, as novas regras para formação de condutores começarão a ser aplicadas. Essas mudanças vão desde o uso do simulador em aulas, até novos preços para tirar a CNH. As alterações estão de acordo com resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

As novas regras incluem também alteração em aulas noturnas, na carga horária e no curso prático. Novas alterações também se farão presentes para a habilitação de condução de ciclomotores, as chamadas “cinquentinha”.

Confira a seguir as principais mudanças e os documentos necessários para emitir CNH e o valor do processo de primeira habilitação, de acordo com as novas regras do Contran.

Mudanças para tirar a primeira habilitação

Simulador 

Com a nova norma, não será mais necessário usar o simulador para adquirir uma carteira da categoria B, sendo que agora, o candidato poderá escolher realizar até cinco horas/aula em simulador. Mas, este deve estar disponível na autoescola. Essas simulações deverão ser feitas antes das aulas práticas.

Aulas noturnas

Tanto para a categoria “A” quanto para categoria “B”, a exigência das aulas noturnas cairá para carga horária de 1 hora prática. Antes, esse valor era correspondente a 20% sobre o total da carga horária.

Curso prático 

Como mencionado anteriormente, o uso de simulador se torna opcional. Com isso, a carga horária prática para adquirir a categoria “B”, corresponde a 20 horas mínimas de aula. Mas, caso o candidato opte por fazer a simulação, essa carga horária cai para 15 horas mínimas.

Ciclomotores

A carga horária para obter habilitação de ciclomotores (cinquentinha), também foi reduzida. Será obrigatório cumprir, no mínimo, 5 horas de aulas práticas. No teste, poderá ser utilizado veículo da própria autoescola ou do candidato.

Com o objetivo de facilitar na hora de conseguir a Autorização para Conduzir Ciclomotores, 12 meses após a nova regra, os candidatos podem optar por não realizar aulas, apenas exames. Em caso de reprovação, será necessário aulas práticas.

Novos valores para primeira habilitação

As mudanças influenciaram no preço da carteira de motorista. Agora, para a categoria A/B (moto e carro), custará, em média, R$ 1.700,00 a R$ 1.900,00. Esse valor corresponde, aproximadamente, a R$ 400,00 mais em conta. Mas, quais serviços estão inclusos nesse valor?

Para retirar a CNH, existem taxas públicas (Detran) e privadas (Centro de Formação de Condutores – Auto Escolas). O Detran cobra um valor que varia entre R$ 306,00 e R$ 484. Nisso, está incluso os exames médicos, psicológicos, teóricos, práticos, além da própria licença.

Já as taxas das Auto Escolas incluem as aulas teóricas e práticas. Ainda mais, a locação de veículos, que podem variar bastante de acordo com o estado. Lembrando que esses valores acabam sendo mais caros para quem tira a primeira habilitação. A não obrigatoriedade do simulador resultará em R$ 350,00 a menos.

Como fazer a primeira habilitação?

Confira os procedimentos para retirar a primeira carteira de habilitação:

  1. Abertura do serviço no Detran;
  2. Captura de imagem, impressão digital e assinatura de contrato;
  3. Efetuar pagamento;
  4. Exame médico;
  5. Curso teórico no Centro de Formação de Condutores (auto escola);
  6. Prova teórica;
  7. Solicitação da Licença para Aprendizagem de Direção Veicular;
  8. Curso prático;
  9. Avaliação prática no Detran;
  10. Receber a permissão para dirigir do Detran.

Quais os documentos necessários para fazer a primeira habilitação?

Os documentos necessários para fazer a primeira habilitação são:

  • Documento de identificação (original e cópia);
  • CPF (original e cópia);
  • Comprovante de residência (original e cópia).

Fonte: editalconcursosbrasil.com.br

Fictur abre novas portas para empresas de Uruaçu

FEIRA DA INDÚSTRIA, COMÉRCIO E TURISMO COLOCOU EMPRESAS DE URUAÇU NA MAIOR VITRINE DE NEGÓCIOS DA REGIÃO

Por quatro dias consecutivos a IX Fictur – Feira da Indústria, Comércio e Turismo de Uruaçu destacou marcas, produtos e serviços oferecidos por empresas de Uruaçu. A feira gerou resultados positivos, abrindo caminhos para novos negócios e parcerias.

Cerca de 40 expositores diversificaram os estandes da Fictur com produtos e serviços. Muitos acordos comerciais foram realizados ali mesmo, como a abertura de novas empresas, feita no estande da Contabilidade Padrão, sob o comando da contadora Léia Cristiane Rodrigues. “Estou muito satisfeita com os resultados da Fictur, no ano que vem estaremos aqui novamente”, garantiu a empresária.

A Fictur também contou com o apoio de parceiros como o Sebrae – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas e Senar – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural. Produtores de artesanato e manufatura de Uruaçu expuseram seus trabalhos na feira com o apoio do Sebrae, enquanto o Senar ofereceu um treinamento em Produção de Derivados da Mandioca.

Outro acontecimento de destaque na IX Fictur foi o Festival Gastronômico Serra da Mesa de Uruaçu. O evento já está em sua quarta edição e trouxe o melhor da culinária regional para a feira.

A palestra motivacional “A Chave Mestra do Sucesso” foi mais um atrativo. Debora Lyra (Miss Brasil 2010) e por Ana Paula Sasaki (Líder Coach) fizeram uma parceria para revelar os segredos de um negócio bem-sucedido.

Miss Fictur 2019

O desfile do concurso “Miss Fictur 2019” elegeu vencedoras, Luisa Dhallynd, que ganhou o título de “Miss Fictur 2019” e Kassia Ellen, eleita “Miss Simpatia”.

A “Miss Fictur 2019” foi premiada com R$ 2.500 em dinheiro (R$ 1,5 mil patrocinados pela Aciau e R$ 1 mil pelo prefeito Valmir Pedro); um ano de academia patrocinado pela World Academia; 30 dias de almoço na Churrascaria Planalto e um kit de beleza. Já a “Miss Simpatia” foi premiada com R$ 1 mil em dinheiro e seis meses.

Além da primeira e segunda colocadas, outras 12 jovens brilharam na passarela do concurso. O desfile também contou com a participação especial da “Miss Brasil 2010”, Debora Lyra e ajudou a destacar grifes, mantendo-se fiel ao objetivo principal da feira, que é o de oferecer às empresas de Uruaçu uma potencial ferramenta de divulgação de marcas e produtos.

Fest Canto

O Fest Canto, festival de música da Fictur reconheceu talentos da música religiosa e popular. O festival ofereceu aos participantes a oportunidade que todo cantor espera, subir ao palco e se apresentar para uma plateia.

A final do festival aconteceu no último dia da feira, quando foram escolhidos e premiados os três primeiros colocados de cada categoria.

As cantoras Ana Clara e Mariana foram as campeãs de cada categoria, respectivamente. Cada uma delas levou como prêmio R$ 1 mil em dinheiro, seis meses de curso de inglês, kit churrasco e um ano de internet grátis, além de troféu. Também teve premiação para o segundo e terceiro colocados nas categorias Música Religiosa e Música Popular.

Outros eventos

A Fictur 2019 também foi palco de desfile infantil e de gestantes, apresentação do coral do colégio Conexão Serra da Mesa, apresentação de peças teatrais e dança, além do sorteio de brindes oferecidos por várias empresas da cidade. 

Presidente da Aciau destaca importância das parcerias

O lançamento da IX Fictur foi feito pelo presidente da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Uruaçu- Aciau, Cristiano Ribeiro e também contou com a presença do prefeito de Uruaçu, Valmir Pedro Tereza; do presidente da Câmara Municipal, Antônio de Souza Reis (Taroba); além de representantes do Sebrae, Polícia Militar e de outros parceiros.

No discurso de lançamento da feira, Cristiano Ribeiro ressaltou a importância das parcerias construídas ao longo do tempo. De acordo com ele essas parcerias ajudam a garantir ainda mais solidez aos negócios. “As parcerias precisam continuar para que o município gere cada vez mais empregos e renda”, destacou.

Cristiano Ribeiro prevê um aquecimento significativo na economia local nos próximos anos, ele enfatizou a importância das empresas de Uruaçu se prepararem para oferecer serviços de alta qualidade, para que em um futuro próximo, não sejam “engolidas” por grandes corporações. “Uruaçu passará por um boom nos próximos cinco anos. É fundamental que as empresas, tanto as fornecedoras de produtos, como as de serviços estejam preparadas para absorver as demandas do mercado”, destacou. O presidente também lembrou que a Aciau oferece diversos cursos de qualificação profissional, que podem auxiliar nesse processo de capacitação de empreendedores e empregados.  

VEJA MOMENTOS DA FINAL DO CONCURSO MISS FICTUR 2019

“MISS FICTUR 2019”

Desfile agregou beleza, simpatia e bom gosto

PASSARELA TAMBÉM AJUDOU A QUEBRAR PARADIGMAS NEGATIVOS QUE ATINGEM AS MULHERES

Sybelle Angela/Correio Popular

A final do concurso “Miss Fictur 2019” aconteceu ontem, durante mais uma noite de exposição. O evento foi bem mais que andar pela passarela, foi uma proposta a quebra de paradigmas negativos, que deturpam o papel da mulher na sociedade. 

Muitos desses paradigmas foram “rasgados” em plena passarela; as candidatas desfilaram com cartazes contendo frases do tipo “Mulher tem pé pequeno para ficar mais perto da pia” e depois rasgaram esses cartazes. O protesto contra hábitos e pensamentos preconceituosos e à moda antiga, que ainda interferem de forma negativa no cotidiano das mulheres, agradou ao público.

O concurso para a escolha da “Miss Fictur 2019” também ajudou a destacar grifes, mantendo-se fiel ao objetivo principal da feira, que é o de oferecer às empresas de Uruaçu uma potencial ferramenta de divulgação de marcas e produtos.

Resultado do concurso

O corpo de jurados, formado por profissionais de diversas áreas elegeu as vencedoras que foram anunciadas por Moacyr Galdino e Cristina, dupla de apresentadores que ajudou a animar a noite.

Luisa Dhallynd ganhou o título de “Miss Fictur 2019” e Kassia Ellen o de “Miss Simpatia”. Mas, além da primeira e segunda colocadas, outras 12 jovens brilharam na passarela, desfilando de forma impecável. O desfile também contou com participações especiais como da “Miss Brasil 2010”, Debora Lyra.

A entrega de prêmios às vencedoras foi feita pelo presidente da Aciau, Cristiano Ribeiro e pelo prefeito de Uruaçu, Valmir Pedro Tereza. Outros convidados também subiram ao palco.

Premiação

A “Miss Fictur 2019” foi premiada com R$ 2.500 em dinheiro (R$ 1,5 mil patrocinados pela Aciau e R$ 1 mil pelo prefeito Valmir Pedro); um ano de academia patrocinado pela World Academia; 30 dias de almoço na Churrascaria Planalto e um kit de beleza. Já a “Miss Simpatia” foi premiada com R$ 1 mil em dinheiro e seis meses de academia. 

Drogas avaliadas em R$ 300 mil são incineradas pela Polícia Civil de Uruaçu

ANTES DA INCINERAÇÃO, SUBSTÂNCIAS FORAM USADAS NA CONSCIENTIZAÇÃO DE CRIANÇAS SOBRE OS MALEFÍCIOS CAUSADOS PELO USO DE DROGAS

Entre as drogas incineradas estavam cocaína, ecstasy, LSD e lança-perfume

Frutos de apreensões em Uruaçu, mais de 60 quilos de drogas com alto valor de mercado como cocaína, ecstasy, LSD e lança perfume foram incinerados pela Polícia Civil em uma cerâmica da cidade. As substâncias foram avaliadas em cerca de R$ 300 mil.

O delegado de Polícia Civil, Rafhael Neris Barboza explica que a destruição aconteceu nos termos da Lei 11.343/06, que estabelece que a incineração de drogas apreendidas será executada pelo delegado de polícia competente, na presença do Ministério Público e da autoridade sanitária.

Mas, antes de serem queimadas, as drogas foram usadas em uma boa causa; partiu do delegado Rafhael Neris, a ideia de expor as substâncias para fins conscientização.

Delegado explicou sobre malefícios das drogas

O público-alvo da “exposição” foi parte das crianças que integram o projeto social “Nossa Luta”, fundado pelo próprio delegado. As crianças selecionadas por meio de sorteio tiveram a oportunidade de conhecer os tipos de drogas expostos, entender os males provocados por estas substâncias e saber porque esse tipo de produto tem que ser queimado.

A curiosidade típica da idade ajudou nos esclarecimentos, foram muitas perguntas e nenhuma ficou sem resposta. Para esclarecer as dúvidas de meninos e meninas, o delegado contou com colaboração do biomédico e perito criminal, Marcelo de Castro Coelho Moraes.

Queda na quantidade de drogas apreendidas

De acordo com o delegado Rafhael Neris, esta foi a segunda vez que ele comandou a incineração de drogas em Uruaçu, desde que assumiu a delegacia do município, há pouco mais de nove meses. O delegado lembra que da primeira vez incinerou uma quantidade bem maior, e acredita que os números mostram uma redução no tráfico de drogas local. “Naquela oportunidade (novembro de 2018) foram incinerados 300 quilos, desta vez foram 62, o que demonstra uma redução expressiva no tráfico que passa pelo município”, avaliou.



SEIS DE SETEMBRO: ELEIÇÃO NO SINDIURUAÇU E REGIÃO

Pleito eleitoral definirá nova direção do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uruaçu e Região. Cerca de 1,2 mil servidores estão aptos a votar

A eleição para compor a nova diretoria do SindiUruaçu e Região, será no próximo dia seis de setembro, sexta-feira, das 8h às 17h, na sede do sindicato, que fica no setor Copacabana em Uruaçu.

Foto: Divulgação

De acordo com informações do presidente do sindicato, Mário Ribeiro Filho, cerca de 1,2 mil servidores entre aposentados e ativos estão aptos a votar, já que são sindicalizados. A expectativa é de que a maioria desses servidores compareça ao local de votação na data da eleição. Uma comissão eleitoral será designada para coordenar e garantir lisura a todo o processo eleitoral, que terá seu resultado divulgado ainda no dia seis de setembro.
A nova diretoria do SindiUruaçu e Região terá mandato e cinco anos (2020-2025), com posse marcada para 1º de janeiro do ano que vem.

Mário Ribeiro Filho, atual presidente do Sindiuruaçu e Região, deverá concorrer a reeleição , com o apoio da atual vice-presidente, Joceliete Vicentini Alves Martins (professora Jô). Outras chapas poderáo concorrer.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uruaçu e Região atende ainda aos municípios de Campinorte, Nova Iguaçu de Goiás, Alto Horizonte, Mara Rosa, Amaralina, Estrela do Norte, Mutunópolis, Barro Alto, Santa Rita do Novo Destino e Nova Glória. 

Turistas reclamam de preços “salgados” na Praia da Tartaruga

QUEM FOI CURTIR A TEMPORADA NO MUNICÍPIO DE PEIXE (TO) PAGOU CARO POR SERVIÇOS COMO TRAVESSIA, ESTACIONAMENTO E ALUGUEL DE ÁREA DE CAMPING. PRESTADORES DE SERVIÇOS TAMBÉM FICARAM INSATISFEITOS E CHEGARAM A PROTESTAR IMPEDINDO A RETIRADA DE ESTRUTURAS DO EVENTO

Muita gente que foi curtir as férias de julho na Praia da Tartaruga, município de Peixe (TO) ficou insatisfeita com as altas taxas cobradas em um local onde o turismo deveria ser gratuito. Logo na chegada da praia, o turista teve que desembolsar R$ 20 por dia de estacionamento do veículo, depois, pagar mais R$ 20 por pessoa para atravessar o rio de canoa. Além de ter um alto custo, a travessia também não ofereceu segurança aos turistas, que foram transportados sem coletes salva-vidas.
Na praia, quem preferiu ter o mínimo de conforto teve que gastar ainda mais, a diária de cada barraca montada nas áreas de camping ofertadas custou R$ 50 em média.

Prefeitura alega falta de recursos para promover evento

A temporada de férias na Praia a Tartaruga foi terceirizada pela Prefeitura de Peixe por meio de licitação vencida pela única empresa que entrou na concorrência, o Instituto Prosperar (Ipros), que trabalhou em parceria com os empresários Reuder Moreira e Jales Show.
Segundo a secretária municipal de Cultura e Turismo de Peixe, Graziela Graciotto, a administração do Município terceirizou a temporada de férias porque não recebeu os recursos dos governos estadual e federal, que deveriam ter sido repassados à prefeitura no último dia seis de junho. De acordo com ela, sem recursos para custear as despesas, a saída foi terceirizar o evento.
O empresário de Uruaçu (Go), Reuder Moreira explicou que empresa dele foi responsável pela realização dos shows pagos no Camarote Simiu Uai, além da gestão de portarias e travessia. De acordo com o empresário, os valores cobrados por serviços como estacionamento e travessia foram os mesmos praticados na temporada de férias do ano passado. Para Reuder Moreira, os preços praticados não foram abusivos.

Protesto de donos de barcos bloqueia estrada

Na última segunda-feira (29), donos de barcos que trabalharam na travessia dos turistas decidiram bloquear a saída da praia para impedir a retirada de estruturas do camarote Simiu Uai. O protesto durou pouco mais de três horas e teria sido motivado por falta de pagamento.
O empresário Reuder Moreira negou atraso de pagamento aos donos de barcos e disse que houve apenas um impasse referente a cobrança de taxas de cartões de créditos, que logo foi solucionado.

Tribunal de Justiça mantém decisão de proibir Temporada de Férias em Uruaçu

EVENTO QUE CONTARIA COM SETE SHOWS JÁ CONTRATADOS E ANUNCIADOS PELA PREFEITURA FOI SUSPENSO A PEDIDO DO MP, QUE DENUNCIA INADIMPLÊNCIA COM SERVIDORES E FORNECEDORES DO MUNICÍPIO

Em decisão monocrática, o Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-Go) negou hoje o pedido de suspensão de liminar que proíbe a realização da Temporada de Férias de Uruaçu. Com a decisão, a Prefeitura de Uruaçu continua impedida de promover os shows em praça pública, já contratados e anunciados para o período de 23 a 28 de julho.  

O pedido de suspensão da liminar foi feito pela assessoria jurídica da Prefeitura de Uruaçu, que entre outras alegações afirmou que o Município já efetuou o pagamento de R$ 292 mil reais às empresas dos artistas e bandas, cujos contratos já foram assinados. O pedido também foi baseado na alegação de que com a rescisão contratual o Município terá que arcar com as multas previstas nos contratos, bem como perdas e danos em possíveis ações indenizatórias

Convite divulgado pela Prefeitura de Uruaçu

Entre os artistas que subiriam ao palco do evento estão Zezé Di Camargo e Luciano, Thiaguinho, Biquini Cavadão, Rosa de Saron, Bruna Karla e Amado Batista. Também estava na programação o show infantil A Bela e a Fera. Os gastos estimados com a contratação dos shows ultrapassam R$ 1, 200 milhão.

Decisão atende pedido do MP

A decisão mantida pelo desembargador Walter Carlos Lemes, presidente do TJ-Go foi tomada em primeira instância pelo juiz de Direito da Comarca de Uruaçu, Leonardo Naciff Bezerra, que atendeu pedido de liminar em ação civil pública cumulada com obrigação de não fazer, de autoria da promotora de Justiça Daniela Haun Serafim, titular da 3ª Promotoria.

A promotora de Justiça, Daniela Serafim justificou o pedido de liminar que cancela a Temporada de Férias nas dívidas já contraídas e não pagas pelo Município de Uruaçu, como inadimplemento de contrato de locação de equipamentos e prestações de serviços referentes a festividades anteriores; o débito de mais de R$ 5 milhões do município com a previdência municipal – Uruaçuprev; dívidas de precatórios atrasadas em mais de R$ 1 milhão; débito de décimo terceiro e salário de servidores e o inadimplemento dos contratos de coleta de lixo. O município também está na iminência de contrair empréstimo de R$ 12 milhões vinculados ao projeto asfáltico do município, como apontado pelo Ministério Público (MP).

Outros impedimentos

O tribunal também manteve a decisão de proibir a Prefeitura de Uruaçu de realizar qualquer outro show artístico, até que sejam regularizados os pagamentos dos servidores, fornecedores e prestadores de serviços ao Município.

Em caso de descumprimento, o prefeito Valmir Pedro Tereza poderá ser punido com multa de diária de R$ 10 mil reais, limitada a trinta dias, e também poderá responder pelos crimes de improbidade administrativa, desobediência e delito de prevaricação.

Leia mais sobre o assunto